Sites Grátis no Comunidades.net Criar um Site Grátis Fantástico
Suicídio e o pé de "limão capeta



Suicídio e o pé de limão da roça chamado "limão capeta" . 

 Resultado de imagem para pé de limão capeta verde




Minha irmã mais velha, a Valda , me apelidou de "cristalzinho" em casa devido me ofender facilmente. Era o caçula dramático.

Quando garoto sempre que alguém me ofendia, apanhava dos pais ou passava por qualquer contrariedade eu ia pra detrás da casa, debaixo de um pé de limão da roça chamado "limão capeta"  com uma faca junto ao pescoço chorar e fazer chantagem sentimental com Deus falando que ia me matar ....kkkk ..

Hoje eu sorrio disso, mas na época era extremamente dramática a dor que aquela criança sentia . Deus me entendia tanto que em uma das vezes de chateação eu cheguei a ouvir uma voz dizendo claramente" Ele te ama " transformando meu mundo e meu dia...

A última vez que desejei suicidar foi por dor de cotovelo. Eu terminei com uma menina umas 4 vezes, na última ela chegou a desmaiar de tão apaixonada..rs.. mas quando  passei a gostar dela, ela que terminou comigo.

Como dramático que  era  fiquei extremamente arrasado, era um garoto bonito e inteligente  e acho que meu orgulho inflado sendo ferido pela "ousadia" de  alguém chegar a me desprezar doeu tanto quanto minha imensa auto-estima. Sempre me apaixonava apenas pelas moças que me desprezaram ..... acho que ocorre muitas paixões assim na vida...

Platão dizia que "o amor nasce da perda" ..e perda por alguém orgulhoso dói bem mais. Desde os campos de futebol até o dia a dia da vida. Observo que quem tem muito orgulho não suporta qualquer desfeita, perda, derrota. Enquanto pessoas humildes, feias, pobres, calejadas desde novas que não foram mimadas como um caçulinha, os irmãos mais velhos,  estão mais acostumadas as contrariedades da vida. 

Na Bíblia conta casos de profetas dramáticos e sentimentais pedindo a morte (Elias e Jonas) e tem o caso do Judas que foi até as ultimas consequências suicidando . As vezes a depressão nossa vem por muitas vias


1. Fisiológicas, bioquímicas, falta de  suplemento, genéticas, neurogenéticas (Crabtree, 2010), drogas, álcool, barulho, batuques, culto barulhento, excitação, glossolalia,  etc....(Note que Deus curou a depressão de Elias mandando ele comer carne que tem vitamina B12 e é bom pro cérebro)

2. Psicológicas, sociais, familiares, sentimentais..caçulas , pessoas sensíveis, dramáticas, artistas, músicos, alérgicos, são bastante vulneráveis  


3. Espirituais vindas de Deus  para que possamos arrepender e consertar ; Deus aperta ou solta o coração para nos guiar na vida...


4. Espirituais vindas do demônio para nos jogar pra baixo acompanhadas de mágoas e ressentimentos que recusamos perdoar aos outros ou confessar nossos erros a Deus pedindo perdão.
 Enquanto ficamos com raiva dos outros parece que quem tem direito a nossa alma não é Deus mas o demônio, pois Jesus disse que só perdoa nossos pecados se nós perdoarmos nossos ofensores (oração do Pai nosso)


Eu vivia intensamente o ítem 2 e  subi num prédio de 24 andares na praça sete de setembro de BH-MG, Edificio Julia Nunes Guerra , abri a janela e fui reviver aquela mesma cena dramática da infância debaixo do "limão capeta".






Hoje parece um filme de comédia, mas na época parece que estava num filme de drama. Então Deus me salvou da forma mais engraçada do mundo! Naquele dia acho que entendi um pouco como "funciona" a inspiração e a voz de Deus. Parece que Deus  comunica  uma idéia no cérebro e nosso cérebro decodifica na nossa língua (no meu caso o português brasileiro) e no nosso linguajar (no meu caso o linguajar de um adolescente de 19 anos), eu só sei que ouvi uma voz interna dizendo " Para com isso meu Filho, você sabe que é um bundão medroso e nunca vai fazer isso" 

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eu danei a rir disso porque era verdade ...sempre fui muito medroso e bundão mesmo . Uma vez a vizinha da minha casa chegou a bater no portão e pedir minha mãe para não me castigar mais pois eu gritava apenas pela expectativa  de apanhar, eu estava  trancado no banheiro enquanto minha mãe com o chinelo mandava eu abrir a porta.  E os gritos eram tão assustadores que a vizinha achou que eu estava sendo açoitado demais.

Então eu ri e isso me curou..nunca mais tentei ou pensei no suicidio...isso funcionou comigo...mas a palavra de Deus não é a mesma pra todos os casos...cada um deve achar a sua. 

Suicidio pode ter várias outras causas , inclusive pressão de faculdade , e certamente o inimigo que ama a morte se aproveita de mentes frágeis e circunstancias tristes para nos sugerir isso. 

Por falar em  inimigo devo esclarecer, baseado em diversos casos que atendi em clínica de drogados,  que ele só tem força quando não confessamos pecados ou quando não queremos perdoar alguém que nos ofendeu ...pois se não perdoamos,  satanás passa a ter direito sobre nó, mas se confessamos nossos pecados e decidimos querer perdoar quem nos magoou podemos expulsar o inimigo de nós mesmos e de qualquer um, então esse desejo de morte(caso tenha sido fabricado pelo diabo)  cessa,  pois ele pode estar sendo fabricado pelo inimigo que tem acesso a nós enquanto não perdoamos ou não desejamos perdoar algum agravo. 

Pode haver outros problemas envolvidos, e talvez o diabo não deva ser a unica causa do suicídio, mas certamente ele deseja isso. 

Uma maneira de verificar isso, é perceber que o suicidio ocorre mais em pessoas não religiosas e mais desprotegidas portanto. 

Olha o q estudos sérios dizem sobre o assunto:

Um estudo científico publicado no The American Journal of Psychiatry concluiu que:
 
" Não filiados a nenhuma religião tinham significativamente mais tentativas de suicídio e mais parentes de primeiro grau que cometeram suicídio do que os indivíduos que endossaram a filiação religiosa. Assuntos Unaffiliated eram mais jovens, com menos frequência casado, com menos frequência tiveram filhos , e teve menos contato com os membros da família . Além disso , indivíduos sem filiação religiosa percebida menos razões para viver , particularmente menos objeções morais ao suicídio. Em termos de características clínicas , religiosamente assuntos não afiliados tinha mais vida impulsividade , agressividade e transtorno por uso de substância passado. "
 
Referência: Filiação Religiosa e tentativa de suicídio
Kanita Dervic , MD; Maria A. Oquendo , MD; Michael F. Grunebaum , MD; Steve Ellis , Ph.D.; Ainsley K. Burke , Ph.D.; J. John Mann , MD http://ajp.psychiatryonline org / Article.aspx ...
 
Ateus TEM Mais propensão AO Suicídio , Depressão e AO Isolamento social.
 
PsychiatryOnline | American Journal of Psychiatry | Afiliação religiosa e tentativa de suicídio
ajp.psychiatryonline.org
RESULTADOS : religiosamente assuntos não filiados tinham significativamente mais vida tentativas de suicídio e mais parentes de primeiro grau que cometeram suicídio do que os indivíduos que endossaram a filiação religiosa.http://ajp.psychiatryonline.org/article.aspx?articleid=177228