Sites Grátis no Comunidades.net
Diversos Assuntos Importantes

Voce sabe a diferença entre acusar e repreender? Satanás acusa, condena a Josué com suas vestes sacerdotais sujas  em Zacarias 3, mas o anjo, depois de vesti-l o com vestes puras, protesta contra ele para que ande nos caminhos de Deus.

Os profetas na Bíblia repreendiam , Jesus criticou o farisaismo, e a Bíblia está repleta de repreensões. Ocorre que na Igreja se criou uma cultura que condena os que repreendem como criticadores e acusadores satanicos para que os erros continuem . Isso é honesto?

Precisamos separar condenação satanica de repreensões baseadas na palavra de Deus para não chamarmos a obra de Deus de obra satanica! O Mais trágico é que quem condena repreensões justas de acusações satânicas é que está fazendo o papel que julga condenar.

Que Deus nos abençoe a sermos verdadeiros, honestos , prontos a ouvir as repreensões de Deus  MAIS prontos ainda para MUDAR!

 

 

AMÉM

 

 

 

 

 

 

Uma Visão Apocaliptica Precisando de Sérios Ajustes

 

Talvez fosse quase impossível à Igreja Adventista do sétimo dia, ter a incumbência de pregar sobre a vigência da lei mudada em Daniel 7:25, sem se tornar legalista, ter que pregar sobre o sábado da teologia de Jesus ao dar exemplos emergenciais de se pder trabalhar aos sábados  sem se tornar judaizante, ter que pregar e explicar difíceis profecias historicas que deveriam ser aclaradas no tempo do fim, sem se tornar racionalista, ter que explicar santuário sem dar muita ênfase às igualdades que existem entre as diferentes  velha e nova alianças, e por fim, ter que pregar a queda espiritual das igrejas e pessoas que estiveram ou estão sob o domínio do mundanismo (babilônia) “caiu caiu grande babilônia”, sem tornar belicosa, acusadora e exclusivista.

Na medida que a Igreja acreditou ser este o diferencial que deveria proclamar ao mundo, ela deu tanta ênfase que acabou desviando das bases já esclarecidas no evangelho. Importa hoje voltarmos ao evangelho, urgentemente!

Na verdade estas mensagens soaram e ainda soam como grande novidade, mas fizeram com que nós adventistas nos esquecêssemos de muitas coisas mais importantes do evangelho, das cartas paulinas e da realidade da nova aliança que no novo testamento se implanta sob o ministério do Espírito Santo. Algum movimento, alguma igreja, haveria de cumprir essa missão divina de apregoar sobre a validade da lei, do sábado, explicar as profecias e denunciar o mundanismo prevalecente nas igrejas, e este movimento cumpriu esta missão, mas ao cumpri-la desviou-se das bases essenciais do evangelho, das cartas paulinas, da justiça pela fé e do ministério do Espírito Santo na nova aliança. Para resolver este problema imenso, EGWhite humildemente declarou que Deus enviou dois mensageiros , Alonso Trevier Jones e E J Waggoner, que em Assembléia geral de 1888, declararam verdades que abalaram e ainda abalam o adventismo. Egwhite prontamente aceitou tais verdades e ainda se tornou parceira destes dois pregadores por vários anos em diversas reuniões de reaviva mento e reforma espiritual, porem, a liderança da época tratou de tirar Egwhite que os apoiara do cenário, mandando-a para Austrália e passaram a perseguir estes dois mensageiros até que os mesmos foram cortados do ministério adventista. “A historia de Jerusalém ressurge: “Jerusalém que apedrejas os que te são enviados” Mas hoje após refletirmos talvez não o bastante, mas muito, podemos perguntar se é possível pregarmos a lei, o sábado, as profecias e a queda das igrejas sem sermos exclusivistas, legalistas, judaizantes e racionalistas? Sim, creio que seja possível. Tivemos uma oportunidade em 1888 e a perdemos, quem sabe hoje, oxalá aproveitaremos! Nós adventistas, inclusive EGWhite que admitiu isso, nos distanciamos muito do evangelho e das realidades propostas pelas cartas paulinas, separei alguns exemplos que demonstram o quanto!

Aqui temos um distanciamento entre a teologia de Paulo e a teologia que se destaca mais nos escritos de EGWhite. (Exceptuamos desta análise o livro "Caminho a Cristo" feito por EGWhite e suas assistentes, M Davvis e Fannie Bolton que inclusive  reinvindicou sua autoria,  exceptuamos tambem  grande parte do maravilhoso livro "Desejeado de Todas as Nações", tambem feito pelo escritorio de EGWhite.

 

 

 

 

Em face destas complicações, nosso adventismo vem sofrendo de diversos defeitos que precisam ser urgentemente corrigidos.

 

Mais uma das infinitas Mensagens da Cruz

Perdoar é matar seu direito de justiça assim como Deus matou a si mesmo em seu Filho na cruz, todos nós temos indignação quando alguem erra para com nossos direitos...e de alguma forma não perdoamos, fofocamos, xingamos, magoamos, etc...mas quando olhamos aquEle que tinha todo o direito de nos condenar e não nos condena, mas nos ama, nós começamos a matar nosso direito de indignação, matar a nós mesmos, para amar e perdoar os outros assim como Deus morreu na cruz por nos ..então, é claro que a guerra deve continuar pela justiça e pela verdade, mas assim como Chê nos ensinou, "temos que ser firmes, sem perder a ternura" o perdão e o amor...

E a cruz de Cristo nos ajuda a viver acima de uma lógica animalesca que nos domina a todos, e faz com que odiemos uns aos outros, reclamando o tempo todo do  vacilo dos outros- a cruz pode realmente nos salvar - de uma forma que poucos poderão compreender- Então quando alguem te der calote, olhe para aquele que matou seu direito e te perdoou as dividas...quando alguem te tratar mal, quando alguem faltar em seu direito de justiça, olhe aquele que sofreu tudo e continua nos amando! perdoe, receba esta graça de Deus e reparta para com seus semelhantes...ore por mim para que eu pratiquer esta verdade, aliás, para toda a igreja pratique, ame e sejamos todos abençoados nesta infinita graça divina!!!

 

Amém

Alguns meses se passaram desde que o vídeo do Projeto Pr. Paul Washer foi colocado no ar. http://www.youtube.com/watch?v=Zp-zuuwrIII
Graças e glórias a Deus.
Se você já ficou facinado com este pequeno trecho imagina ao ouvir a pregação inteira. Bom agora você finalmente pode ver a pregação legendada por inteiro e ainda pode baixá-la para divulgar a seus amigos ou passar em sua igreja!!!
1) Tudo para Ele
http://www.youtube.com/watch?v=uSYyO-BOcMY&feature=related
2) A Ira de Deus
http://www.youtube.com/watch?v=jiavM3TPqbQ
3) Chorando Pelas Almas Enganadas
http://www.youtube.com/watch?v=TYP4R4a6H00&feature=related
4) Jesus Cristo é Tudo
http://www.youtube.com/watch?v=n0FhsG0keMU&feature=response_watch
5) O Que Teria Feito Um Pregador Moderno?
http://www.youtube.com/watch?v=eVEsB8HivLc
6) Um desafio aos Pastores
http://www.youtube.com/watch?v=FwCbpv8MKdo&feature=related
7)Pregação Chocante
http://www.youtube.com/watch?v=N5lw809gB94&feature=fvw

 

 

 

Novas Velhas Idéias - Conhecendo aquilo que pensávamos saber

http://blog.paulinas.org.br/up/p/pa/blog.paulinas.org.br/img/Jesus_Chama_1.jpg

 

( Site em construção )

 

....a questão é :

O pecado e injustiça merecem punição e ponto final. Se há um Criador responsavel e Pai, ele dará PUNIÇÃO a todos os injustos.

Se vc , que é uma pessoa sensata, sendo chefe de alguns, e vendo injustiças, não fica parado, que dirá um ser supostamente SANTO E TODO-PODEROSO E JUSTO fará.

Então tenho medo mesmo. Ele vai fazer punição severa contra toda injustiça! Vai fulminar e exterminar todo o pecado e pecadores.

Quem não se arrpender e caçar um jeito de se endireitar está em maus lençois...


Pior

é que esse Deus, declara que nos ama, e que matou seu filho amado, para aplacar sua IRA, E QUE O FILHO, se dispos voluntariamente para receber tal ira , para que nós, assistindo a trama, e o conflito nos dois seres eternos, pudéssemos nos arrepender e converter...

ai daqueles que recusarem tal oferta de paz!

Tudo que pôde ser feito foi feito...ainda Deus está aqui para te ajudar a crer...NÃO RECUSE... nossa vida não é e nunca foi nossa...andamos aqui emprestados..CUIDADO, VC NÃO TEM LOTE, NEM CASA, NADA, vc não tem nem o ar que respira..tudo é dele- vc não está na sua

Não sabia que Deus tem uma indignação imensa contra o pecado, e que Ele iria nos fulminar , mas pelo seu amor para com a humanidade caída, resolveu nos dar seu filho, e o seu amado  Filho resolveu receber em nosso lugar toda furia divina contra o pecado, fazendo-se pecado em nosso lugar - Não sabia que o medo de Jesus no jardim do Getsemani, quando dizia e repetia, "Pai, se possivel for afasta de mim este cálice" não era o cálice do sofrimento fisico, não era o da tentação e nem o cálice da traição e atitudes provocativas humanas- Não era isso que temia o Filho de Deus! Jesus temia a ira do Pai contra o pecado, pois o amava tanto e agora seria objeto de condenação dAquele que amava e com quem havia convivido a eternidade. Toda ira divina contra o pecado foi despejada em Jesus, e Jesus voluntariamente aceitou tal castigo para nos trazer a paz. Toda a justiça exigida por Deus Jesus satisfez na sua vida  e a derramou  na cruz! Toda a punição necessaria contra a trnasgressão,  foi executada uma vez por todas na cruz.  Não sabia que quem crê em Jesus não entra em julgamento, mas passou da morte para a vida (João 5:24 e 3:16-19), não sabia que ha 2000 anos eu estava sendo salvo em Cristo, não sabia e não sei muitas coisas, mas estas coisas me trazem paz e desejo imenso de passar para outros - Que Deus te abençoe!

 

Recomendamos um dos  maiores pregadores do evangelho nos dias de hoje, Paul Washer- Não deixe de assistir, assista! Por amor que vc tem a Deus, a sua alma e a alma dos perdidos que vc conhece! Asssista e se converta de uma vez por todas!

http://www.youtube.com/watch?v=n0FhsG0keMU&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=t1rrx41beqI&feature=fvwrel

http://www.youtube.com/watch?v=3XhPJle_2ro&feature=related

Indicamos outros grandes pregadores do  movimento interdenominacional "Voltemos ao Evangelho "

http://voltemosaoevangelho.com/blog/quem-somos/

 

.

Livros principais que indicamos: (*** AVISO: Não ganhamos NADA  ao indicar estes livros, apenas os reconhecemos como livros que refletem bem nossas propostas aqui)

 

Oswald Chambers: Da editora Betânia, maravilhoso livro de Oswald Chambers!!! Encontra-se nas livrarias evangélicas. Este homem demonstra conhcer como poucos cmo é o andar com Deus. Incrivel, excelente, espiritual, muito bom mesmo!

 

Todos queremos uma mudanças para que Jesus volte não é mesmo? Queremos a descida do Espírito Santo, a chuva serôdia, o fechamento da obra missionaria nos confiada.

Mas como terminar a obra sem arrependimento, contrição, mudanças?

Impossivel - Olhemos as milhares de Igrejas vazias, pouca fé, as pessoas deprimidas, sem muita esperança. Pregações desanimadas, sem inspiração, dá até vergonha de levar um amigo nosso pra assistir não é mesmo?

Como será que Deus vai fazer para nos erguer e podermos expressar as virtudes daquele que nos chamou das trevas para sua maravilhosa luz?

Alguns conceitos deveremos rever como:

Jesus mandou que expulsássemos demonios, nós chamamos de fanáticos quem pratica e dá ênfase nisso

Jesus efetuou muitos milagres e as coincidencias na Bíblia são chamadas de providencias, muitos de nós somos ou  éramos céticos

Jesus disse que o amor seria o sinal naqueles que o seguem, nós dissemos que é o sábado

Jesus disse que quem nele cresse não entraria em juizo (João 5:24), não entra em julgamento (joão 3:16, 17, 18 y 19) nós pregamos um juizo para os justos

Jesus disse que o que entra pela boca não contamina o homem, nós impedimos fumantes e quem come carne de porco até de se batizar, por mais que nossa mensagem de saude seja maravilhosa e util, não deveriamos dividir o que são leis de saude de conversão e batismo?

A lei nos conduziu de aio para Cristo, nós dissemos que Cristo é que nos conduz a lei, nos estudos biblicos quando a pessoa aceita Jesus, em seguida vem aceitação da lei

Paulo  fala que a  novo ministerio do Espírito é superior e sobreexcelente e substituiu a velha aliança, da letra, do entendimento, nós pregamos que as duas alianças são iguais e que quase nada ou nada mudou entre o velho e novo testamento

Paulo esclarece que o Espoírito Santo distribuiu dons, nós elegemos as pessoas por perfis para ocupar  cargos  como uma empresa faz

Jesus fala que o maior deve ser o menor e servo de todos, e que entre nós não deveria haver manda-chuvas,  nós mantemos uma hierarquia como numa empresa, governo, exercito,etc..elegendo amigos, parentes e dominando a obra de Deus, quando Jesus deveria dominar e ser o cabeça da Igreja, do culto, da sua obra.

O Novo testamento revela que a  fé na justiça de Deus ocorrida uma vez por todas na cruz nos justifica  e combate aqueles que enfatizam a lei e as obras como forma de se justificar diante de Deus

Jesus disse que o que a mão direita faz a esquerda não deve saber, todo sábado nos perguntamos com o levantar da mão direita quantas coisas fizemos na semana

Enfim, infelizmente estes são alguns dos muitos exemplos de quão distantes de   Jesus estamos, e se não bastasse , disputamos e estamos combatendo evangélicos que estão fazendo bem melhor, a vontade revelada de Deus.

Não estaria Deus aguardando um arrependimento e desejo de mudança para que possa Ele mesmo nos agraciar com seu poder?

Será que nãoi são estes e outros pecados sistematizados, do sistema e de nossa tradição, que impedem a benção divina?

Se nós nos dispormos a mudar, será que há esperança para nós???

Creio que foi por estas e outras que Deus mesmo nos deu a visão de apelarmos para que o adventismo se reforme e entre em clima de nova aliança! Que Deus possa te abençoar leitor, a se tornar um defensor da fé em Cristo Jesus e das mudanças que o evangelho nos exige.

Existem muitas coisas ainda, eu amo a Igreja adventista do sétimo dia, mas tenho um dever de proclamar uma revolução que deve ocorrer antes de Jesus voltar.

Vamos orar juntos?

Vamos evitar dividir, mas somar a força de um com o outro?

Vamos buscar a Jesus e discutir com liberdade estes pontos?

O que vamos fazer irmãos? Ficar como estamos?

Jerusalem Jerusalem, não me mate, nem me apedreje, deixa Jesus te conduzir!!!

Amém!!!

 


.

Frases de Browning:" A vida tem uma significação e o meu dia a dia é procura-la"

"É indispensável querermos deitar a mão a mais do que podemos alcançar; senão para que serviria o céu ?"

"O que enobrece o homem não é o seu acto mas o seu desejo".

"Parecemos tão livres, e estamos tão encadeados"...

"O homem busca o seu próprio bem à custa do mundo inteiro. A verdade nunca fere quem a diz"

"O demônio é mais diabólico quando é respeitável".

"Nossas aspirações são nossas possibilidades".

Conhecer Jesus é Tudo

+Alejandro Bullón

por R$ 7,50

Este livro é um marco na Historia da IASD-Brasil e tem levado muitas pessoas a sairem do legalismo da velha aliança centralizada na lei e nas obras, para uma relacionamento espiritual com Jesus que é o ministerio da Nova Aliança

 

95 Teses Sobre Justificação Pela Fé
+Morris L. Venden

Este livro ao mesmo tempo que salva pessoas com uma pregação inspirada e bíblica, é uma advertência divina  ao legalismo interno , pois  Morris Venden se faz de Lutero que fez 95 teses contra o catolicismo, e este faz contra o legalismo interno - Um livro poderoso, maravilhoso e é super querido por muitos, mas infelizmente não está mais disponivel em portugues.

por R$ 21,00

 


A Mensagem de 1888
+George R. Knight

Neste excepcional livro, a maior autoridade em historia da Igreja Adventista,  Knight, coloca pra fora tudo que foi escondido dos membros.

por R$ 16,40


Caminho a Cristo - linguagem atualizada

Fannie Bolton, Marian Davis.+Ellen G. White,
por R$ 7,80
Descrição
 
 
Depois de 1888, através da forte influencia de Deus usando seus mensageiros Jones e Waggoner, a irmã White os acompanhou  durantes anos em diversas reuniões de reavivamento e reforma no movimento adventista ..ela chegou  a criticar  os longos sermões cristocentricos de Jones que duravam mais de 4 horas...A influencia destes pregadores foi tanta que depois de 1888 EGwhite passou  a ser  cristocêntrica em seus escritos, antes, mais centralizados na lei.  O evangelismo nasce no seio da Igreja . Neste tempo,  a AG pediu um livro que evangelizasse e o  escritorio de redação ( irmã Fannie Bolton, Marian Davis, etc) nos trouxe esta maravilhosa obra que foi revisada por EGWhite , Fannie Bolton chega a reinvindicar a autoria da obra . De qualquer forma é uma obra singular, inspirada e poderosa para converter e nos ajudar nos caminhos de Deus. 
.

Leia atentamente o que Hebreus 8 diz:

"Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de uma melhor aliança que está confirmada em melhores promessas.

Porque, se aquela primeira fora irrepreensível, nunca se teria buscado lugar para a segunda.

Porque, repreendendo-os, lhes diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, Em que com a casa de Israel e com a casa de Judá estabelecerei uma nova aliança,

Não segundo a aliança que fiz com seus pais No dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; Como não permaneceram naquela minha aliança, Eu para eles não atentei, diz o Senhor.

Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo;

E não ensinará cada um a seu próximo, Nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece o Senhor; Porque todos me conhecerão, Desde o menor deles até ao maior.

Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.

Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar".

 

Agora não saia do site enquanto não ler o que II corintios 3 diz:

 

O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica.

E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória,

Como não será de maior glória o ministério do Espírito?

Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça.

Porque também o que foi glorificado nesta parte não foi glorificado, por causa desta excelente glória.

Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece.

Tendo, pois, tal esperança, usamos de muita ousadia no falar.

E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório.

Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;

E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles.

Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.

Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.

Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

 

.

 

O novo testamento nos conclama a vivermos sob uma nova aliança do Espírito e abandonar a antiga aliança da lei, da letra, das tabuas em pedra,  que era gloriosa mas em nada resplandece diante da sobrexcelente gloria do ministerio do Espírito Santo. Era uma aliança provisoria segundo o apóstolo Paulo, ainda explica que  o ministerio das leis serviu de aio para conduzir a Cisto, tornou-se caduca, ultrapassada, prestes a desaparecer, rudimentar, elementar, algo basico.

Jesus na verdade veio ser ministro da religião de Deus na terra, veio ser o centro das atenções do pecador, veio ser tudo em todos , veio expressar exatamente o carater de Deus, que a lei expressava de foma ainda muito pobre, basica, elementar.

Jesus veio tambem ensinar muitas coisas, entre elas o vemos reexplicando e aprofundando a lei, mostrando que adulterar é tambem olhar com má intensão, que matar é ofender, e trouxe Jesus muitos outros ensinos no sermão da montanha, nas parabolas e em seu exemplo como servo de Deus até a morte e morte de cruz. Nele temos tudo, toda a revelação do que Deus é, do que Deus quer, do que Deus o Pai quer transmitir mais plenamente.

 

Ocorre que o legalismo que é uma centralização da moral e religiao em leis e o esforço por obra segundo as leis, ainda resiste depois de 2000 anos de pregação apostolica, e mesmo na época de Paulo , Thiago era um apostolo que defendia mais as obras que a fé. Paulo que tinha mais liberdade com Pedro, chamou-lhe atenção quando alguns da parte de thiago fizeram com que agissem com dissimulação para com os judaizantes da época.

 

Hoje, depois de 2000 anos eu nasci no adventismo onde a lei é o centro das atenções: Na teologia e mentalidade do adventismo antigo,   Jesus aponta para a lei, morre para satisfaze-la e o Espírito Santo em nós obra para torna-nos cumpridores da lei, o que não deixa de ser em pequena parcela uma verdade.

 

É claro que todos sabemos hoje que a lei quem serviu para conduzir a Cristo e não o contrario, Cristo para nos conduzir a lei, pois o padrão moral em Cristo é infinitamente superior ao que a lei pobremente requer de nós.  Sabemos que na cruz Deus satisfaz a si mesmo, matando seu filho e derramando sua ira contra o pecado, e aquele que se fez pecado em nosso lugar, e que pecado não é apenas  uma transgressão da lei , é muito mais, é qualquer dessemelhança nossa com Cristo, com Deus, pois que nossa queda foi perder a semelhança com o Criador. Sabemos que o Espírito Santo foi derramado em nós para que Cristo vivesse em nós e nós manifestássemos Jesus, o Cristo vive em mim, morrendo para a carne e vivendo e andando no Espírito. Quem anda no Espírito cumpre não somente a lei mas busca cumprir toda vontade de Deus, estando ela na lei, fora e alem da lei e até algumas vezes,  contra a lei (abraão e isaac, pães asmos, Raabe, parteiras de Moisés, etc). Pois o carater de Deus é espiritual e a letra não pode expressar todo o carater e vontade de Deus .

Mas o legalismo tanto do adventismo antigo, como de varios cristãos que vivem num mundo dirigido por leis  romanas, insiste em se estabelecer mesmo dentro da teologia biblica que o condena como algo ultrapassado.

 


 


 

1. O exclusivismo religioso foi repreendido por Jesus em diversas ocasiões quando disse que é em espirito e em verdade que os verdadeiros adoradores adoram a Deus, quando declarou diversas vezes que viriam reis de toda a parte da terra comer nos céus enquanto israrelistas ficariam de fora, que nem em todo Israel havia visto fé como de uma mulher gentia, etc...Ocorre que por mais que o conceito separatista, farisaico e exclusivista de "povo escolhido" por Deus fosse abolido e instituido o povo de Deus no espírito abrangendo a todos os gentios (Efesios 2), por mais que o muro de separação exclusivista que consistia em seguir certas leis e regras especiais fosse cancelado, DIVERSAS igrejas atuais inclusive a igreja adventista do sétimo dia, retomam este conceito anti-cristão, judaico, exclusivista, para que pertença aos seus membros, gerando atitudes semelhantes a dos judeus ao considerarem a salvação como estando atrelada a pertencer a este povo, a concordar doutrinariamente...atitudes de soberba, de se considerarem superior aos outros e outras igrejas, a classificarem quase todo milagre dos outros como originados do demonio, a viverem angustiados com a morte de alguma pessoa que não se batizou na sua igreja, etc...

 

 

Rejeitamos por completo este conceito que reedifica o que foi abolido por Jesus, que reedifica muro de separação entre as pessoas através de uma idéia de exclusivismo. Cremos em Cristo que pelo seu espírito guia suas ovelhas ao seu aprisco e não a aprisco visivel.

2. Percebemos que quase não se prega sobre o tema nova aliança na igreja adventista do sétimo dia, por mais que o novo testamento seja centralizado no sangue da nova aliança e o termo "nova aliança" seja citado mais de  100 vezes ...Propomos,  não somente a faze-lo, como tb a esclarecer cada vez mais as diferenças entre a velha e nova aliança demonstradas na Bíblia.

3.Propomos mostrar que o racionalismo cristão é contra o novo testamento que busca se basear mais na fé e na sabedoria divina, do que na  sabedoria e racioccinio humano (Corintios)

4. Pretendemos pregar para que se diminua a ênfase em estudos mais que em inspirações, como se conhecimento salvasse mais que a atuação de Deus. Rejeitamos oratoria bonita pela palavra inspirada, rejeitamos esforços intelectuais em troca de esforços de busca de se humilhar pela presença de Deus, rejeitamos diplomas quando percebemos que Deus quem está chamando até mesmo um analfabeto para uma det4erminada tarefa, inclusive e sobretudo, ministerio.

5. Apregoamos que o "eu" deve morrer e "Jesus" deve ser formado em nós pelo espírito, que isso é relamente conversão e não uma infinidadd de estudos, concordancias, convencimentos de crenças, credos e doutrinas, sábados, mortalidade da alma, etc..

6. Apregoamos que Laodicéia é uma condição espiritual pertencente a muitas pessoas, muitas Igrejas, muitas mentalidades arrogantes, e rejeitamos interpretações exlusivistas como se fôssemos o centro da obra de Deus na terra. Cremos que isso é simplesmente uma mentira judaica perpetrada entre nós, pois a obra de Deus é invisivel, não tem placa e tem muitas placas, não tem limites, Deus está onde adoradores o adoram em espirito e em verdade,

7. Apregoamos que os homens sejam mais fiéis a Deus que a suas Igrejas, mais servos de Deus que servos de Igrejas e líderes. E que aqueles que na prática recusarem tal pregação ficam inseridos como alvos das maiores ameaças bíblicas destinadas aos adoradores da besta e da sua imagem, copia, que reflete o dominio medieval religioso. (apocalipse 14)

 

8. Pregamos que o criterio para se eleger pessoas para a obra de Deus é antes de tudo a orientação do Espírito Santo, que poderá nos guiar pessoas que não desejariamos como Saulo, o assassino dos cristãos e Madalenas, etc...Devemos perceber nas pessoas que serão eleitas   se existe   semelhança da pessoa com Jesus, ou  se pode perceber que  Jesus está sendo formado nela, se ela e sua familia manifestam Jesus servo, perdoador, misericordioso, abnegado, que se sacrifica pela verdade, simples, humildade, bondoso..A Bíblia fala dos filhos de um pretenso lider, pois se  os filhos não refletem o espírito de Cristo , como esperar que um lider assim inspire e transmita Jesus  a Igreja de Deus?

9. CONTINUA ....

 

 

 

 

Olá, vc já deve ter percebido o porquê da fundação da Igreja Adventista Nova Aliança, mas se quiser saber mais porque Deus autoriza a existencia desta nova Igreja, continue a leitura!

 

Porque lugares onde o  amor, justiça, misericordia, bondade, inspiração, poder de Deus, simplicidade,  são exceções à regra e não situações comuns, são lugares degradados onde o reino de Jesus não impera.

Algumas causas para a degradação atual podem ser enumeradas e destacadas, porém, tudo se resume na dessemelhança com Cristo, sua mente, sua forma de agir, seu espírito, clarificados e reveladas principalmente nas páginas dos evangelhos e cartas paulinas.

As cartas paulinas tentam a todo momento transferir cristãos judaizantes da mentalidade legalista da antiga aliança,  para uma mentalidade e espiritualidade da nova aliança firmada por Jesus. Rejeitar este ensino é ir contra as revelações ultimas da Bíblia e rejeitar a voz de Deus trás muitas consequencias amendrotadoras como ser uma igreja degradada.

A Igreja antiga nos ensinou que ter as idéias corretas sobre Deus, seria ter a verdade. Isso é mentira! É engano, é somente uma forma ideológica de dominio. Várias Igrejas  disputam doutrinas nos homens para ver quem deles estão dominando e chamam esse lixo de evangelismo (imagem de catequismo medieval). Acham que evangelizar alguem é convence-lo a pensar como sua Igreja manda. Nada mais errado, nada mais praticado infelizmente.

Precisamos entender que evangelizar é levar pessoas a receberem Jesus e não nossas doutrinas e nossas formas de ver as coisas. A conversão é um ato divino e não uma lavagem cerebral que fazemos as pessoas ao darmos uma infinidade de estudos. Estudos estes que apenas nos difere como Igreja e não estudos que levem as pessoas a um relacionamento com Jesus.

O que  Deus quer é formar Jesus em nós por meio do Espírito Santo. Manifestar seu Filho naqueles que o receberam. Deus nos criou a sua imagem e semelhança que perdemos  com a entrada do pecado, e esta é a salvação, restaurar a semelhança e posição de relacionamento com Deus,  perdidas,  por meio de Jesus, por meio da habitação do sEu Espírito em nós a partir do novo nascimento. E por falar em novo nascimento, vc já nasceu de novo? Já recebeu a dádiva dos céus de se tornar uma nova criatura? Ou está apenas como Nicodemos tendo uma teoria da verdade???

Um pouco da infinita  graça de Deus é nos escolher para ser seus filhos íntimos com Ele e para manifestar seu reino em nós e naqueles pelos quais intercedemos. Esta graça nos  é concedida sob uma terrível crise chamada cruz, onde a IRA  de Deus se derrama sobre si mesmo, em seu Filho, para satisfazer a ética divina. Satanás é apenas um coadjuvante desta crise, pois o que está em jogo é a ética divina, sua paixão pelos homens, e a desgraçada situação que nos encontramos ao cair nas tentações do diabo.

No Novo Testamento, a lei expressava um pouco da vontade de Deus, do jeito de Deus, do caráter de Deus. Mas somente em Jesus é que encontramos o carater de Deus, seu jeito, sua vontade bem espressas nAquele que é a perfeita e exata expressão de Deus: Jesus, o Filho de Deus encarnado e revelado superiormente a tudo o que se dizia sobre Deus. E tudo que pode ser expresso ontem, hoje e eternamente.

Portanto a lei nos serviu provisoriamente de aio para conduzir a CRISTO, E SE TEMOS A Cristo não precisamos mais do aio, pois em Cristo em nós pelo Espírito, não precisamos mais do aio, Pois em Jesus temos uma reinterpretação da lei, correções, aprimoramentos, acréscimos (sermão da montanha), escala de valores de Deus, e uma infinidade de espelhos, padrão, parâmentros, para saber mais perfeitamente, qual é a vontade de Deus em todas as nossas circunstancias. Jesus é verdade, somente Ele é a palavra de Deus, o verbo de Deus,  é a vida eterna, quem tem Jesus  tem tudo, "Conhecer Jesus é tudo" (Bullon).

Alguém dirá que isso é verdade e que não precisamos sair da Igreja porque de vez em quando se prega isso tambem, por mais que isso não represente a cultura geral da Igreja, pelo contrario, combate a cultura dominante.

Mas quando pregamos isso e não vivemos na prática um Jesus em nossas vidas, em nosso sistema de Igreja, em nosso dia a dia, isso tem um nome: HIPOCRISIA RELIGIOSA.

Somos chamados para sermos uma Igreja fiel a Cristo, fiel ao esposo, santas, imaculada, em seu sistema de ser. Que existem joios e trigos dentro da Igreja é uma coisa, mas que a Igreja permita ser infiel a Cristo em seu sistema é algo bastante diferente.

A Igreja teve muitas oportunidades para mudar , e não mudou. As melhoras foram mais teóricas que práticas, logo, se temos pregações verdadeiras hoje em dia, isso mais aumenta a culpa e a declaração franca de que o sistema que aceitamos é contrario ao que pregamos, é contrario a Jesus,m seu espírito, sua bondade, seus sistema, sua misericordia, seus valores, sua prática.

Lugares sem amor, justiça, misericordia, bondade, são lugares degradados onde o reino de Jesus não impera.

As pessoas comentam que todo dia nasce uma igreja diferente e que Igreja virou comercio da fé. Grupos dissidentes montam movimentos novos e estes as vezes se tornam novos ministerios e novas Igrejas. Mas até que ponto essa tendencia pode corresponder as necessidades diversas ou apenas dar expressão aos dissidentes revoltados com o sistema de onde partiram? Terá a chancela de Deus estas divisões eclesiasticas que ocorrem desde a reforma protestante? Ou antes ainda, desde a cisão entre o catolicismo romano e o catolicismo ortodoxo no ano de  1054? Podemos perceber algum avanço na pregação do evangelho com estas divisões, ou isso tem enfraquecido ainda mais o testemunho cristão pelo mundo?

Talvez uma das  ultimas mensagens dada ao mundo seja aquela  profetizada no apocalipse, se encontra em 18:4 onde lemos  "Sai dela povo meu, pois que ela se tornou mundana e morada de demonios". Creio que,  se estamos convivendo em qualquer igreja catolica, evangelica ou tradicional,  onde o mundanismo e a falta de Jesus são mais presentes que a regra geral, se estamos convivendo em comunhão com um clube religioso mundano e secularizado (que vive e respira os valores e pensamentos do tempo, do século), se estamos convvendo com uma especie de repetição da historia em Cristo que viveu em meio aos fariseus, então deveremos fazer como Jesus, seguir a Deus acima de nossa religião, ser mais fiel a Deus que a nossa Igreja, aos amigos, aos relacionamentos mais sociais que realmente religiosos.

Precisamos respirar um bom culto, uma boa pregação, precisamos do Espírito Santo, e esta necessidade está muito acima do precisar seguir uma religião. Precisamos estar aprisionados mais por Cristo que por um sistema de crenças a respeito dele, ou muito mais , um sistema de crenças quase que afastado dele, sem Ele como foco, artigo principal, bem representado. Lugares sem amor, justiça, misericordia, bondade, são lugares degradados onde o reino de Jesus não impera.

Talvez vc até já tenha percebido,  mas quando pertencemos a um grupo religioso, politico, social, etc,  quando  somos partidarios de um conjunto de idéias diferentes, nós ouvimos outras pessoas cheio de pressupostos em nossa mente, se as pessoas  falarem alguma coisa que concorde com estes pressupostos, nós afirmamos ser verdade o que ela disse, mas  se a pessoa falar algo que discorde de nossas ideias, o que ela falou é em geral rejeitado e taxado como mentira. Assim tambem nosso Senhor Jesus foi rejeitado e é ainda hoje, quando igrejas e ideologias ficarem acima das idéias originalmente dele. Devemos ter o cuidado para distinguirmos a voz de Jesus acima das nossas tradições e conjunto de crenças.

Infelizmente muitas igrejas falam mais de suas crenças que do Senhor Jesus, valorizam mais suas tradições e credos  que a palavra clara e simples de Jesus. A preocupação delas está mais em dominar o rebanho que entrega-lo a Jesus e aos comandos que Ele,  por meio do Espírito Santo , repetir daquilo que Ele mesmo ensinou. Existem lideranças, as pessoas se apegam ao visivel, aos lugares de adoração, ao que a maioria segue, mas poucos se apegam realmente a Jesus e a sua verdade.

Sabemos que, por mais que seja justa esta carencia não satisfeita na maioria dos cultos mundanos e sermões sem inspiração que presenciamos em muitas igrejas (em umas mais e em outas menos) ,  não é nossa vontade ou nossa necessidade que deve imperar para congregar aqui ou acolá, mas a vontade de Deus, seja ela qual for.  Então, mesmo se uma Igreja está mundanizada, deveríamos permanecer nela fiéis se tivermos a certeza do  chamado de Deus para estar e continuar assim. Muitos se encontram muito desalentados hoje, sabem que está acontecendo tudo de errado ao derredor, mas suportam pacientemente, sofrendo as circunstancias e vendo seus filhos muitas vezes sem espiritualidade devido a Igreja não fornecer um suporte espiritual  adequado. Muitos justificam em teorias proféticas como "o papa Pedro fundou a igreja" "não existe oitava Igreja", a Igreja nunca é e será babilonia por mais que aja como tal, "fraca de defetuosa como possa ser a Igreja ela é ainda a menina dos olhos de Deus" só é verdaddeira a igreja "x" ... e outros  pensamentos como estes, que não digo serem de todo errado, pois que tais pensamentos existiram para com o povo de Israel no passado tb. E mesmo assim foram arrancados, devemos lembrar tb.

Recentemente um amigo argumentou que a Igreja é como o povo de Israel, com defeitos iguais, mas mesmo assim é o único povo de Deus e que devemos fidelidade a ela como a Deus.

Independente do que se possa discutir em torno de ter existido oito igrejas, ou oito periodos profeticos para as igrejas, discutir profecias relacionadas ao mundanismo e a babilonia, discutir a repetição do pensamento judeu que se repete nos povos que apesar dos pecados generalizados, ainda mantem a mesma fé judaica em sua preferencia, independente da discussão destes pontos, eu e minha familia  precisamos de Jesus, vc precisa de Jesus, precisamos congregar numa igreja que nos transmita comunhão, paz e amor - Um lugar onde se pratica justiça, bondade e cristianismo onde  não teremos vergonha de levar nosso visitante a quem queremos salvar para o evangelho. Precisamos de um lugar onde se reflita Jesus, Jesus e Jesus!

Com certeza a chuva serôdia resolverá muitas pendencias, e é justamente ela, a presença marcante do Espírito Santo nos ultimos dias , do ministerio do Espirito, da nova aliança (II Corintios 3) que estamos propondo, ou melhor, que nos parece que Deus está propondo primeiramente ao povo adventista , evangelicos, catolicos e demais povos.

Mas não somente nós precisamos de um lugar bom para cultuarmos a Deus, um bom ambiente cristão! Precisamos deixar ambientes do mundo, amizades do mundo, bares, clubes, circulos mundanos , mas esquecemos sobretudo de deixar lugares pervertidos, de um cristianismo pervertido que mais engana que um mundanismo declarado.

Assim que nós precisamos muito de ambientes de adoração que nos transmitam paz e santificação, e devido a esta necessidade que se operou em toda a historia, transições e saídas do povo de Deus para um lugar seguro:

Exemplos:

Abraão saiu da sua terra

Israel saiu do Egito

Cristãos sairam do judaismo

Catolicos ortodoxos sairam do catolicismo romano

Protestantes sairam do catolicismo

Igrejas saem uma das outras em protesto ao ambiente anterior julgado como improprio para desenvolvimento saudavel da fé.

 

Esta  nova Igreja surge de uma visão, visao esta que se relaciona com  necessidades e carencias teologicas, práticas e espirituais no seio do povo cristão, evangelico e adventista.

Mais uma vez, vc poderá constatar , que o mesmo e velho evangelho de Cristo aparecerá  como se fosse uma novidade, andamos 2000 anos e muito do que Ele nos ensinou e nós aprendemos, não aprendemos tanto assim. Distorcemos, olhamos apenas aquilo que nos era conveniente ou que compartilhava  com nosso credo em especial. Víamos nossos delirios ideologicos e doutrinarios na realidade, mas agora queremos ver o que a realidade do evangelho nos ensina. Queremos conhecer de fato a verdade e não mais fantasiar com nossas preferencias de linhas de pensamento. Com nossos costumes, tradições de pensamento, vicios..queremos sair da caverna que os homens criaram para nossos olhos, e não sermos ofuscados pelo brilho da luz de Jesus, nem rejeitá-lo, mas nos submetermos inteiramente a Ele, não a sistemas e dominios, não a igrejas e seus lideres, mas a Deus e a Cristo o seu Filho, no Espírito Santo.

Surge uma Igreja, uma Igreja que pretende absorver tudo de bom que o catolicismo,  protestantismo e espiritualismos  ensinam. Tudo aquilo que nos faz aproximar mais e mais de Jesus que é nosso unico caminho verdade e vida. Tudo de bom que a Maranata, a   Congregação Cristã do Brasil e muitas outras,  praticam  do evangelho, que pregue quem tem a palavra e não quem está escalado pelos criterios humanos apenas...que haja simplicidade, e outras culturas lindas e dignas de imitarmos pois que imitam a Jesus!  http://www.reavivamentos.com/

Queremos aprender com os  assembleianos seu fervor e sua simplicidade , a incrivel  fraternidade dos quadrangulares , a sapiencia teologica e do evangelho inigualavel dos batistas e presbiterianos, a consciencia historico-profética dos adventistas, o dom da palavra da ciência com os ateus, nossos irmãos que como na parábola de Jesus,  dizem não, mas vão trabalhar na fazenda de Deus que é a necessidade e pobreza humana. http://www.reavivamentos.com/

Surge uma Igreja, não da idéia de alguém, mas vinda do coração do proprio Jeová e ai daquele que O contrariar, será como Saulo no caminho dos cristãos, como Judas, como Caifás, como fariseus perseguidores do pregador da fé.

Surge uma nova Igreja, e se evc duvida que sta Igreja seja  realmente de Deus , eis que o Espírito Santo há de testemunhar no espírito daqueles que se simpatizarem e forem chamados por Deus para estar nela, e faze-la prosperar para impactar o mundo! Pois que esta obra NÃO É NOSSA, mas daquele que nos chamopu e nos deu a visão da mesma!

Surge uma igreja, não de seres santos, mas de pecadores arrependidos, pois nosso Senhor Jesus fundou sua Igreja em meio a pessoas simples, pessoas mal faladas como o publicano Mateus, como prostitutas madalenas, samaritanas,  pessoas arrogantes como aqueles que queriam sentar-se ao lado de Cristo em seu reino, pois são pessoas , somos pecadores, que Jesus ama e restaura, que Jesus considera como amigos mesmo sendo traido.

Surge esta Igreja e as portas do inferno não hão de prevalescer contra ela, pois que a ela é dada as chaves do céu e do inferno para ligar e desligar quem não se submete ao verdadeiro evangelho de Cristo, mal representado por muitos sistemas atuais.

Surge uma nova velha esperança, um novo e antigo caminho , uma nova e mais antiga aliança, um reviver de um sonho divino não realizado, msa prestes a acontecer em cada um de nós, os que forem chamados, amém!

 

 

REFLEXÃO SOBRE CISMA E CRISE DE IDENTIDADE PREGRESSO NO SEIO DA IASD



 

Calculamos que em torno de 30% dos adventistas do sétimo dia e grande parte do mundo evangélico,  já refletem grande parte da mentalidade proposta pela  Igreja Adventsta Nova Aliança. Em geral,  observa-se uma crise interna na igreja antiga adventista e outras denominações  onde os conservadores, centralizados na lei, doutrinas e regras de sua igreja, devotos da igreja mais que devotos a Jesus,  judaizantes, condenadores  e tradicionais, que estes perseguem, expulsam, não comungam, com adventistas ou evangélicos  que se caracterizam pela centralização em Cristo de sua fé, teologia e vida prática...caracterizados mais pela misericordia que pelo rancorismo rígido caracteristico dos mais tradicionais.

Na chamada alta cúpula da Igreja adventista, muitos, em geral, os mais conscientes das falhas e dificuldades sistêmicas, são simpáticos a transformações necessarias e urgentes que deveriam ocorrer no seio da Igreja antiga, contudo se vêem impossibilitados de dirigir quaisquer mudanças, pois pesam e enxergam a incapacidade de transformação de vicios uma vez a décadas instituidos. Da mesma forma, vemos muitos movimentos evangélicos como os que se expressam na revista "Eclesia", pregarem temas e mentalidades muitas vezes bem  diferentes daquilo que se pratica no dia a a dia evangélico.

Tanto na época de Jesus quanto hoje, o ideal cristão se demonstra distante e as vezes em guerra quando o assunto é desafiar costumes da minha igreja e de meus lideres religiosos.

O resultado disso são crentes ou adventistas que não refletem realmente o pensamento de sua propria denominação. Sentem vergonha de que a prática na sua igreja não condiz com o cristianismo que eles acreditam. Ficam desanimados internamente, sentem vergonha de convidar amigos para a Igreja, constantemente encontram pontos dos quais discordam, exercem com muita paciencia uma tolerancia sem limites para com injustiças e contrariedades que fogem ao ideal cristão.

Portanto, resta um "descanso para o povo de Deus" perseguido por estas pertubações; a saber, se formalizarem de dentro para fora, se organizarem , sistematizarem seus reais pensamentos e confissões, e diminuir suas dificuldades em se declararem fiéis a uma Igreja.  

O que vemos ocorrer hoje é como se uma árvore nascesse nas instituições antigas ou em construções:

 

 

Se vc concorda que o mundo religioso atual está falhando com estas mensagens, tem acertado pouco, uns mais e outros menos ainda, e se vc quer fazer parte de um povo que está recebendo o Espírito Santo para PRATICAR  e não apenas falar sobre estas mensagens, junte-se a nós e nos ajude a pregar e viver esta linda mensagem da graça divina!!!!

 



 

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=7RIEUVfwqkQ&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=DADApKV1N1A&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=N5lw809gB94

 

Qual  A  MENSAGEM DA CRUZ HOJE?

Mensagem escrita em 2003 sobre a necessidade de imitarmos Jesus sob circunstancias semelhantes

Todos ao pé da cruz

Ao pé da cruz, estamos todos. Tanto chefes como subalternos. Tanto pecadores arrependidos, como os pecadores que se justificam. Tanto o pessoal da organização, como o pessoal da Internet. Mulheres que simplesmente choram, porque nada podem fazer e mulheres de Pilatos que, muito timidamente, ainda avisam a seu marido: “Cuidado!”

Na hora da cruz, os discípulos contemporâneos de Cristo ainda fogem, possuídos de medo. Tudo está errado, tudo está às avessas, mas temem se identificar com Cristo, apesar de saberem qual será a atitude dEle, ao repetirem a negação de Pedro.

Quando junto aos injustos, os discípulos de hoje ainda praguejam a Cristo, para se identificarem com os “vencedores” e não serem “os perdedores, os criminosos, os revolucionários”. Mais triste é a injusta cena que se desenrola escondida de seus olhares.

Em um dado momento, por uma cruzada de olhares percebemos a injustiça que estamos cometendo contra Cristo. Olhando-nos com terno amor, Ele nos faz ver que, apesar de aparentemente concordarmos com Ele, nós O temos negado diante do Sistema, diante do conveniente e do racional. Para salvar nossa pele e também não sermos crucificados, preferimos negá-Lo e dizer: “Nunca O conheci, nunca concordei com nada, não me comprometam...”

A cruz se repete nas cruzes de nossos dias. Jesus se repete nos pequeninos de nossos dias. Nas injustiças de nossos dias, na covardia, na falsidade, na politicagem de nossos dias. Nos Gólgotas feitos de papéis e leis, nas escolas feitas de dinheiro e interesses, nas comissões compostas de acusadores e juízes...

 

Planeta cemitério

Este mundo é o maior dos cemitérios. Em todo canto, vejo cruzes. Vejo Pedros, vejo Judas, vejo Pilatos... Até quando? Até quando não se dará direito à justiça? Até quando precisaremos de mártires? Até quando não aprenderemos a mensagem da cruz? Até quando Cristo, representado pelos que falam a verdade sem medo, será novamente crucificado?

Às vezes, somos Dimas também. Sofremos por nossos próprios erros. Mas mesmo sofrendo, anunciamos a justiça, e a nós é dada grata retribuição.

Quem será hoje Barrabás? Aquele homem errado que, por se portar de forma tão sincera e cativante, roubou a cena de Jesus? Aquele homem sinceramente mal, era o escolhido de todos! Não era vegetariano, não era espiritual, não tinha nada de nada... Mas era amado, e o amor sempre perdoa. Era querido e liso, escapou de muitas situações e esta era só mais uma. Mal podia crer ele como se dava tão bem!

Diante de Jesus, o “arrogante”, que era objeto de ódio dos fariseus, aquele homem que se portava como tendo contato direto com Deus, aquele homem que exigia uma justiça ainda maior por parte dos que deviam obedecer a lei, diante dEle, Barrabás foi preferido!

O mundo sempre prefere Barrabás. Jesus sempre foi o fanático, o louco, o revolucionário. Barrabás, não. “Barrabás é gente boa.” É um pecador que não tirará de nós o símbolo espiritual que representamos para a Igreja. Barrabás é equilibrado. Rouba, mas dá o dízimo e não incomoda ninguém. Mas esse Jesus é perigoso, fala demais, mexe com o povo, tem sinais divinos, é fanático, não é dos nossos, não é a nosso favor... Crucifiquem-no!

Que dirão os pagãos de nós se Ele continuar a nos denunciar, a nos chamar de hipócritas? Que dirão os Romanos se ele continuar a nos envergonhar com suas respostas? A Sua luz demonstra nossas trevas! Temos que fazê-lo calar-Se. Proibamo-Lo de pregar, recomendemos Sua exclusão, ameacemos... Vamos pegá-Lo algum deslize!

O mundo prefere Barrabás. A Igreja prefere Barrabás. Prefere continuar como está. Prefere crucificar um aqui e outro ali, porque falavam o que não convinha. Prefere o diabo a Deus. Prefere o trono da besta a seguir simplesmente a ordem, os testemunhos, as repreensões justas...

Mas Barrabás, imagino, sentiu depois que Jesus o ajudou. E uma vez liberto, observou a tendência da turba. Concluiu que estava ali devido a falsidade. Barrabás bem sabe quem é. No momento, talvez ele gostasse, mas depois cairia de joelhos e se arrependeria, desejaria aquela cruz. Deseja-a. Imagina-se apegado a ela, mas ela se escorre entre seus braços, então promete: “Vou ser seguidor desta cruz e, quando a encontrar, vou me agarrar a ela, pois a mereço.”

 

Mensagem da cruz HOJE

Qual a mensagem da cruz hoje? Vamos teologizar? É mais fácil. Vamos falar de pecado, de santuário, de pombas, de rituais? É mais fácil. Vamos deixar a realidade da cruz de Cristo HOJE hoje para lá, vamos voltar ao passado, vamos estudar a Torá, vamos saber o que significa a cortina azul ... com querubins pintados... Vamos estudar hebraico e grego...

O sangue de vítimas de cruzes continua escorrendo. Pessoas estão sofrendo injustiça nos colégios, nas comissões, nas associações... Gritos de dor e lamento são dados nos quartos à noite. Igrejas estão em completa desgraça, ruína, divisões e desânimo e o máximo que fazemos é: Estudar, estudar, estudar...

O que a cruz pode dizer HOJE para você? Que postura ela encoraja? A de Pedro, a de João, a de Pilatos? A de Judas? Ou a posição de morrer com Ele.

Existe algo para fazer que você sabe bem o que é. Existe alguma coisa para defender e você sabe bem disso. Existe algum justo desamparado e você está próximo dele. Ou não? Não quer enfrentar esse problema? Vai negar, trair, fugir, olhar de longe?

Qual a mensagem da cruz HOJE? Estará você disposto a enfrentá-la dignamente? E ao ser escorraçado, zombado, traído, cuspido, ainda assim perdoará seus algozes? E ao perceber que não tem a certeza de nada ao seu redor estando, em completo desespero e sentindo Deus bem longe, clamará, Senhor, por que Tu me abandonas? Ou resignado, em meio a dor e à culpa, em meio às armadilhas de Satanás e à toda a confusão por você criada, sairá de seus lábios uma exclamação de confiança total em Deus?

A cruz não é para todos. As igrejas com cruzes, sim, são para um monte de gente. O assunto também. É lindo e maravilhoso de estudar, mas a cruz mesmo, esta não. Esta é para poucos. Porque muitos são chamados mas pouco os escolhidos. Porque muitos vêem a cruz e a estudam, e a contemplam, e a admiram, mas poucos a querem, menos ainda são os que querem seguir com ela, e raros aqueles que permitirão que os crucifiquem nela.

É muito fácil falar da cruz... Estudar teologia é fácil. É sublime também. O chamado é divino, mas a escolha é nossa. Poucos os escolhidos, porque poucos escolhem tomar sua cruz, sua verdade e proclamá-la. Poucos identificam a revolução de comportamento que a cruz sugere e mais reduzido ainda é o número dos que a promovem.

Todos querem ser prudentes como cobras, simples como pombas e se esquecem de que Jesus foi prudente, mas ficou fincado numa cruz assim mesmo. Foi simples e suas asas estiveram esticadas sob os pregos. Sabem por quê? Porque Ele voava, Ele avançaca, Ele não era uma pomba sem asas. Não era prudente como um réptil morto, inerte. Ele fez e falou o que foi necessário. Ele deu a vida por isso.

 

Seguidores de Cristo

Não peço que apóiem A, B, C ou R... Peço que sejam seguidores de Cristo e onde houver necessidade de que se fale a verdade, simplesmente digam! Onde houver necessidade de se sacrificar pela justiça, prudentemente sacrifiquem-se! Onde houver uma cruz semelhante à de Jesus, defenda a verdade e a justiça mesmo que para você acabe ocupando aqueles lugar, pois assim irá glorificar aquele ato que nos salvou. Agarrem alguma cruz, alguma causa justa, agarrem, sofram por isso, mas façam justiça ao nome de seguidores de Cristo!

Uma igreja de mártires no passado foi a mais elogiada das sete cartas. Esmirna era o seu nome. Cheiro suave sai desta flor quando apertada. Creio que Jesus ficou até alegre em certo sentido por ver gente como Ele dando sua vida pela Verdade. Gente importante e gente desconhecida, pessoas cultas e simples misturavam-se nas arenas de leões, nas cruzes, ou sob o rápido som de uma espada que decepava aquela vida e decidia um destino nulo aqui na terra para ela.

Mas Jesus que antecipava as glórias do porvir, não se intimidava diante das perdas e baixas no Seu exército. Como já disse, Ele até se alegrava, pois “bem-aventurados são os mortos no Senhor”. E se alegrava especialmente porque se identificava com aquelas pessoas e sabia muito bem que todo o seu trabalho não havia sido em vão.

Jesus contemplava satisfeito o fruto de seu trabalho: Gente que dava sua vida pelo que é certo, quer caíssem os céus e tremesse a terra... Caíssem em pecado os santos, tremessem os homens de maior coragem, aquelas vítimas não recuavam... Se o general voltasse, se o apóstolo se acovardasse, elas seguiam em frente, enfrentando o demônio, ainda que aparentemente sozinhas, porque criam no sorriso invisível do seu Mestre em aprovação à sua fidelidade. Não nos é exigido nada menos que isso hoje: “Tome a sua cruz e siga-me!”

 

Pastor só existe UM

“Sigam-me” disse o mestre, “a ninguém na terra chameis de mestres (pastores), de guias (médiuns), de pais(padres, papas), pois um só é vosso guia e mestre. Todos vós sois irmãos e o maior entre vós seja aquele que vos sirva”. Só Ele é o nosso Mestre. “O Senhor é meu pastor” e guia, e pai...

Numa igreja onde fui pastor, falei para os membros que não me chamassem de pastor. Aí um ancião, indignado, disse: “Eu não entendo, o pastor anterior até brigava se não o chamássemos de pastor, agora você exige exatamente o contrário?

Sim, queridos, só Jesus é o nosso pastor! Essa palavra, pastor, possui outro significado hoje. Antigamente significava cooperador, visitador... hoje é líder, chefe, mestre, guia... Portanto, constitui pecado, desobediência aos mandamentos de Cristo, chamar alguém de pastor hoje, a não ser que você enxergue a palavra como tendo outro significado...

O importante é que sigamos Jesus e O tenhamos por cabeça, por guia, caminho, verdade, vida e salvação. Falar verdades como esta podem lhe custar cruzes? Então diga-as e ao vir a cruz, os leões, as fogueiras, sorria como os que eram devorados nas arenas, pois você foi julgado digno de sofrer como Cristo e milhares de outros irmãos e irmãs em Cristo do passado.

Um chamado às cruzes se faz necessário no seio do adventismo. Enfrentaremos a cruz? A mensagem da cruz vai fazer a obra de Cristo acontecer hoje? A decisão é sua. Deus nos chama: Vem! Jesus nos diz: “Tome tua cruz e segue-me.”

 

 

 

 

 

 

As Duas Alianças em três momentos:

 

Sistema

de Relacionamento

de Adão, Enoque,

Abraão

até Moisés

"a lei que veio 430 anos depois"

Velha Aliança da lei, letra,

dente por dente e olho por olho,

ensinos e leis morais, civis e 

cerimoniais, cenralização na

obediencia a letra

 

Nova Aliança do Espírito,

da fé, dos ensinos de Jesus,

sermão da montanha, do sangue,

derramado, da justiça e vida pela fé

no que Ele fez, centralização na

obediencia espiritual, com desafios

do amor e da misericordia maiores

http://4.bp.blogspot.com/_ak83UtmwjBE/Sw1voL1IfRI/AAAAAAAACOI/Rhuc_CbIzvo/s1600/Enoque.jpg http://adventismoemfoco.files.wordpress.com/2009/06/santuario-tenda.jpg http://danielaoas.blog.uol.com.br/images/pentecostes.jpg
4000 ac até 1500 ac 1500 ac até 31 DC 31 DC até nós


1º Período: Tivemos exemplos de relacionamentos com Deus pela fé, oração, íntimos

os quais são re-apreciados nas cartas paulinas

quando o apóstolo tenta resgatar este tipo de

relacionamento como superior ao sistema das

leis em que os Judeus estavam inseridos.


2º Período: Temos a velha aliança centralizada em leis morais, civis, cerimoniais

e ensinos de saúde e abstinência. Paulo chama

 este sistema de velha aliança, de sistema glorioso, (que em nada resplandece

diante da sobreexcelente gloria da aliança do espirito,

(II Corintios 3). Paulo tambem, ao fazer a renovação e transição entre velha e nova aliança,

chama o sistema mosaico da lei de caduca,

velho, prestes a desaparecer, rudimentar, ministerio da condenação,

maldição da lei, etc... . por mais que vez ou outra ele chame

de glorioso, santo, bom e justo.


3º Período: O Espírito Santo prometido por Jesus

como seu substituto "para que não fiqueis órfãos", desce de forma abundante 

e se estabelece o ministerio do espirito santo superior ao ministerio da lei. 

Estabelecendo uma igreja cristã primitiva com comportamentos

morais, sociais, espirituais, bem superiores a justiça que o sistema da lei permitia.



Qual a diferença que devemos  destacar diante da polêmica entre lei e graça,

fé e obras, velha e nova aliança?


Resposta sugestiva:

 

 

A descida  do Espírito Santo no novo testamento,

a encarnação de Jesus Cristo, Filho de Deus, a exata expressão

do caráter do Pai, pode ser chamado da vinda do autor da lei ,

do autor dos ensinos e das inspirações vetero-testamentarias.

 

Logo, podemos dizer que a realidade do que se queria transmitir 

a humanidade, pôde acontecer com a encarnação e com o ministerio

do espirito santo, o qual lembra das coisas que Jesus falou (João 16)

 

Espera-se portanto das pessoas guiadas pelo espirito santo e orientadas

pelo conhecimento dos ensinos de  Jesus, um comportamento superior

ao expresso na lei...não se espera um cancelamento da lei, mas uma 

re-interpretação superior e mais livre , do autor das leis, em nós, diante de cada 

circunstancia que reclame uma ética e uma justiça de acordo com a sabedoria e 

amor divino.

 

 

A justiça operada pela obediencia a lei estava muito restrita

ao entendimento da letra, mas a justiça que é operada

naqueles que são guiados pelo espírito santo, se demonstrará

mais profunda e de uma moralidade e espiritualidade superior.

Exemplo: Na velha aliança se preocupa com o "não adulterar" ,

mas na nova aliança, o Espírito Santo nos incomodará

até mesmo com olhares improprios.