Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Dom de Línguas

 

"Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar.

Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto.

Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.

De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto, o Amém, sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes?"
1 Coríntios 14:13-16   

 

 



Experiência - Quando tinha 16 anos um amigo ex-adventista vivia me convidando a sair da IASD porque era desanimada e entrar para sua Igreja Batista Peniel pentecostal.  Ele era um rapaz muito animado e viva contrastando as igrejas explicando porque havia entrado nela.

Um dia ele estava no ponto de onibus e me disse assim: "Sodré saia daquela igreja de 116 membros que não passa disso" . Ocorre que minha igreja era num bairro afastado, pindorama-BH, ele nunca tinha ido lá e não havia como ele saber que ela tinha exatamente 116 membros.

Fiquei assustado.."ou era Deus ou o diabo" mas ele adivinhou exatamente os 116 membros, do quadro já amarelado da IASD pindorama-bh (hoje igreja do novo gloria).

Diante da evidencia milagrosa comecei a estudar I Corintios 14 e até decorei este capitulo. mas consultando diversos teologos percebi que havia dois tipos de linguas, um inteligivel e outro ininteligivel, caso contrario a pessoa não precisaria "orar para que pudesse interpretar" vs 13

Fui a Igreja Batista Peniel do meu amigo e chegando lá percebi uma igreja animada, gente convertida, ex-prostitutas, ex-viciados, um lugar que me pareceu muito mais animado que minha igreja de 116 membros...fui algumas vezes e em uma noite decidi aos prantos sair da IASD e passar a ser daquela igreja porque dizia nomeu coração que queria Deus e seu espírito , tivesse Ele onde estiver.

Decidido fui mais uma vez no culto, mas as duvidas sobre o dom de linguas continuavam na minha mente.

Todas as noites eles oravam e falavam em linguas. Naquela noite após minha decisão, creio que Deus fez com que eu fizesse esta oração: "Senhor, se este dom for teu que eles falem em linguas, mas se não for teu que o Senhor limite o poder de satanás" , pois muitos pregadores advertiam que satanás estaria imitando o dom de linguas da Biblia.

Eles ajoelharam e oraram...oraram bastante...mas nada...ainda me lembro do dirigente do culto levantando e com rosto decepcionado proferiu as seguintes palavras "Não sei porque o Espírito Santo não quis descer hoje"

Desde este dia, entendi que existe o dom de linguas verdadeiro de Deus, e pode se manifestar ate mesmo de forma ininteligivel, mas que devemos vigiar e orar porque satanás se aproveita de momentos de barulho, torpor, excitação, para ele mesmo imitar este maravilhoso dom de Deus.

portanto, cuidado..tenhamos discernimento pos na faculdade de teologia aprendi com o Dr Endruveith que o dom de linguas era inteligivel o que não é verdade pelo texto biblico.

Isso fez milhões de membros da IASD criticarem generalizadamente o dom de linguas, podendo inclusive blasfemarem contra o Espírito Santo (blasfemia contra o espirito santo é atribuir obras dele ao diabo)

CUIDADO SEJAM PRUDENTES  e abandonem teólogos que ensinam mal a palavra de Deus