Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
ARTIGOS DA IGREJA ADV DA PROMESSA

 

http://4.bp.blogspot.com/-cPHq3rt1RP4/TtZFmV2LoeI/AAAAAAAAAsY/QbO1InhDDtQ/s1600/Slide13.JPG


A PROMESSA, A VELHA ALIANÇA E A NOVA ALIANÇA

Aliança= acordo=pacto

A Seguir vou praticamente compilar textos bíblicos sobre o assunto, para que não deturpar o entendimento dos escritores bíblicos sobre o assunto:


A PROMESSA

Genesis 12
1. O Senhor disse a Abrão: “Deixa tua terra, tua família e a casa de teu pai e vai para a terra que eu te mostrar.
2. Farei de ti uma grande nação; eu te abençoarei e exaltarei o teu nome, e tu serás uma fonte de bênçãos.
3. Abençoarei aqueles que te abençoarem, e amaldiçoarei aqueles que te amaldiçoarem; todas as famílias da terra serão benditas em ti.”
4. Abraão partiu como o Senhor lhe tinha dito, e Lot foi com ele. Abrão tinha setenta e cinco anos, quando partiu de Harã.

Romanos 4
13 - Porque não foi pela lei que veio a Abraão, ou à sua descendência, a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, mas pela justiça da fé.
14 - Pois, se os que são da lei são herdeiros, logo a fé é vã e a promessa é anulada.
15 - Porque a lei opera a ira; mas onde não há lei também não há transgressão.
16 - Porquanto procede da fé o ser herdeiro, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a descendência, não somente à que é da lei, mas também à que é da fé que teve Abraão, o qual é pai de todos nós.

VELHA ALIANÇA

(Velho Testamento) Velha aliança e sua base - fundada em que:

Êxodo 34:28
Moisés ficou ali com o Deus Eterno quarenta dias e quarenta noites e durante este tempo não comeu nem bebeu nada. Ele escreveu nas placas de pedra as palavras do acordo, isto é os Dez Mandamentos.

Deut 4:12 e 13
Do meio do fogo o Deus Eterno falou com vocês; vocês ouviram a voz Dele, mas não viram ninguém; só escutaram a voz. Deus lhes anunciou o acordo que estava fazendo com vocês e mandou que obedecessem aos dez mandamentos, que depois escreveu em duas placas de pedra.

Como ocorreu o acordo, pacto ou aliança

Deuteronômio 5
1 Chamou, pois, Moisés a todo o Israel, e disse-lhes: Ouve, ó Israel, os estatutos e preceitos que hoje vos falo aos ouvidos, para que os aprendais e cuideis em os cumprir.
2 O Senhor nosso Deus fez um pacto conosco em Horebe.
3 Não com nossos pais fez o Senhor esse pacto, mas conosco, sim, com todos nós que hoje estamos aqui vivos.
4 Face a face falou o Senhor conosco no monte, do meio o fogo
5 (estava eu nesse tempo entre o Senhor e vós, para vos anunciar a palavra do Senhor; porque tivestes medo por causa do fogo, e não subistes ao monte) , dizendo Ele:
6 Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
7 Não terás outros deuses diante de mim.
8 Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra;
9 não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam,
10 e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos.
11 Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.
12 Guarda o dia do sábado, para o santificar, como te ordenou o senhor teu Deus;
13 seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho;
14 mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu boi, nem o teu jumento, nem animal algum teu, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas; para que o teu servo e a tua serva descansem assim como tu.
15 Lembra-te de que foste servo na terra do Egito, e que o Senhor teu Deus te tirou dali com mão forte e braço estendido; pelo que o Senhor teu Deus te ordenou que guardasses o dia do sábado.
16 Honra a teu pai e a tua mãe, como o senhor teu Deus te ordenou, para que se prolonguem os teus dias, e para que te vá bem na terra que o Senhor teu Deus te dá.
17 Não matarás.
18 Não adulterarás.
19 Não furtarás.
20 Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.
21 Não cobiçarás a mulher do teu próximo; não desejarás a casa do teu próximo; nem o seu campo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

**********************************************************
22 Essas palavras falou o senhor a toda a vossa assembléia no monte, do meio do fogo, da nuvem e da escuridão, com grande voz; e nada acrescentou. E escreveu-as em duas tábuas de pedra, que ele me deu.
23 Mas quando ouvistes a voz do meio das trevas, enquanto ardia o monte em fogo, viestes ter comigo, mesmo todos os cabeças das vossas tribos, e vossos anciãos,
24 e dissestes: Eis que o Senhor nosso Deus nos fez ver a sua glória e a sua grandeza, e ouvimos a sua voz do meio do fogo; hoje vimos que Deus fala com o homem, e este ainda continua vivo.
25 Agora, pois, por que havemos de morrer? Este grande fogo nos consumirá; se ainda mais ouvirmos a voz do Senhor nosso Deus, morreremos.
26 Porque, quem há de toda a carne, que tenha ouvido a voz do Deus vivente a falar do meio do fogo, como nós a ouvimos, e ainda continue vivo?
**********************************************************
27 Chega-te tu, e ouve tudo o que o Senhor nosso Deus falar; e tu nos dirás tudo o que ele te disser; assim o ouviremos e o cumpriremos.
**********************************************************
28 Ouvindo, pois, o Senhor as vossas palavras, quando me faláveis, disse-me: Eu ouvi as palavras deste povo, que eles te disseram; falaram bem em tudo quanto disseram.
29 Quem dera que eles tivessem tal coração que me temessem, e guardassem em todo o tempo todos os meus Mandamentos, para que bem lhes fosse a eles, e a seus filhos para sempre!
**********************************************************
30 Vai, dize-lhes: Voltai às vossas tendas.
31 Tu, porém, deixa-te ficar aqui comigo, e eu te direi todos os mandamentos, estatutos e preceitos que tu lhes hás de ensinar, para que eles os cumpram na terra que eu lhes dou para a possuírem.
**********************************************************
32 Olhai, pois, que façais como vos ordenou o Senhor vosso Deus; não vos desviareis nem para a direita nem para a esquerda.
33 Andareis em todo o caminho que vos ordenou a Senhor vosso Deus, para que vivais e bem vos suceda, e prolongueis os vossos dias na terra que haveis de possuir.

NOVA ALIANÇA

O Israelitas Quebraram a antiga aliança e A NOVA ALIANÇA JÁ É CITADA NO VELHO TESTAMENTO:

Jer 31:31 a 33
31 Eis que os dias vêm, diz o Senhor, em que farei um pacto novo com a casa de Israel e com a casa de Judá,32 não conforme o pacto que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito, esse meu pacto que eles invalidaram, apesar de eu os haver desposado, diz o Senhor.33 Mas este é o pacto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.34 E não ensinarão mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até o maior, diz o Senhor; pois lhes perdoarei a sua iniqüidade, e não me lembrarei mais dos seus pecados.

Porquê pô-las no seu interior e escrevê-las no seu coração?

Paulo responde:
Coríntios 3
6 o qual também nos capacitou para sermos ministros dum novo pacto, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica.7 Ora, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fixar os olhos no rosto de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual se estava desvanecendo,8 como não será de maior glória o ministério do espírito?
Jesus uma vez perguntou ao intérprete da lei:

Lucas 10:26
O que está escrito na lei? Como interpretas?

A Resposta foi certa e citada em Lucas 10:27

Respondeu-lhe ele: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.
Tornou-lhe Jesus: Respondeste bem; faze isso, e viverás.

Tendo sido citado regra muito mais abrangente do que os dez mandamentos. dez mandamentos que eram seguidos secamente pelo levita e o sacerdote, porém não pelo "Bom Samaritano", que simplificando obedecia melhor e espiritualmente, conforme Lucas 10:30 a 37 .

"O Levita e o Sacerdote passaram pela vítima de assalto todo ferido e não fizeram nada. Porquê? sabe porque? porque os dez mandamentos não mandam socorrer alguém na beira da estrada, comprar um remédio, levar alguém ao hospital. Eles citam apenas algumas coisas importantes, Oito deles dizem: Não farás......Dois dizem : Lembra-te e Honra, porém nenhum diz para você ser bom e amar ao próximo, dizem secamente que deve evitar prejudicá-los e não desagradá-los e quanto a Deus; não desagradá-lo e evitar principalmente a irreverencia e a idolatria.

Deus(nos dez mandamentos) deixa você bem a vontade quanto a omissão e a negligência. Concorda comigo?

"O Bom Samaritano vivia no Ministério do Espírito e não no ministério da lei"

Significa que a lei interpretada ao pé da letra mata... deveria ser interpretada subjetivamente; ou seja; ela deveria cumprir seus objetivos; e não ser usada secamente, criando centenas de outras regras sobre aquela regra, como faziam os escribas e fariseus..

Qual é o espírito da lei?

Veja uma interpretação e aplicação da lei ( do modo correto)
Mat 12: 1 a 8
"Poucos dias depois, num sábado, Jesus estava atravessando uma plantação de trigo. Os Seus discípulos estavam com fome e por isso começaram a colher espigas e a comer os grãos de trigo. Quando os fariseus viram aquilo, disseram a Jesus:

- Olha, os seus discípulos estão fazendo uma coisa que a nossa lei proíbe fazer no sábado!
Então Jesus respondeu:
Vocês não leram o que Davi fez quando ele e os seus companheiros estavam com fome? Entrou na casa de Deus, e , embora fosse contra a lei, ele e os seus companheiros comeram os pães oferecidos a Deus. No entanto, somente os sacerdotes podiam fazer isso. Ou vocês não leram na lei de Moisés que, nos sábados, os sacerdotes quebram a Lei no Templo, e não são culpados?Eu afirmo que aqui está alguma coisa maior do que o templo.
Se vocês soubessem o que as Escrituras sagradas querem dizer quando afirmam:Eu quero que sejam bondosos e não que me ofereçam sacrifícios de animais, vocês não condenariam os que não tem culpa. Porque o Filho do Homem tem autoridade também sobre o sábado."

A nova aliança citada no novo testamento:

II Coríntios 3
Começamos outra vez a recomendar-nos a nós mesmos? Ou, porventura, necessitamos, como alguns, de cartas de recomendação para vós, ou de vós?2 Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens,3 sendo manifestos como carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne do coração.4 E é por Cristo que temos tal confiança em Deus;5 não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus,6 o qual também nos capacitou para sermos ministros dum novo pacto, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica.7 Ora, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fixar os olhos no rosto de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual se estava desvanecendo,8 como não será de maior glória o ministério do espírito?9 Porque, se o ministério da condenação tinha glória, muito mais excede em glória o ministério da justiça.10 Pois na verdade, o que foi feito glorioso, não o é em comparação com a glória inexcedível.11 Porque, se aquilo que se desvanecia era glorioso, muito mais glorioso é o que permanece.12 Tendo, pois, tal esperança, usamos de muita ousadia no falar.13 E não somos como Moisés, que trazia um véu sobre o rosto, para que os filhos de Israel não atentassem na terminação do que desvanecia;14 mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto, permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele abolido;15 sim, até o dia de hoje, sempre que Moisés é lido, um véu está posto sobre o coração deles.16 Contudo, convertendo-se um deles ao Senhor, é-lhe tirado o véu.17 Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade.18 Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

E Ainda em Hebreus 8:8 a 13

8 Porque repreendendo-os, diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, em que estabelecerei com a casa de Israel e com a casa de Judá um novo pacto.9 Não segundo o pacto que fiz com seus pais no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; pois não permaneceram naquele meu pacto, e eu para eles não atentei, diz o Senhor.10 Ora, este é o pacto que farei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor; porei as minhas leis no seu entendimento, e em seu coração as escreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo;11 e não ensinará cada um ao seu concidadão, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até o maior.12 Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, e de seus pecados não me lembrarei mais.13 Dizendo: Quando Ele diz novo pacto, ele tornou antiquado o primeiro. E o que se torna antiquado e envelhece, perto está de desaparecer.

Gálatas 3
1 Ó insensatos gálatas! quem vos fascinou a vós, ante cujos olhos foi representado Jesus Cristo como crucificado?2 Só isto quero saber de vós: Foi por obras da lei que recebestes o Espírito, ou pelo ouvir com fé?3 Sois vós tão insensatos? tendo começado pelo Espírito, é pela carne que agora acabareis?4 Será que padecestes tantas coisas em vão? Se é que isso foi em vão.5 Aquele pois que vos dá o Espírito, e que opera milagres entre vós, acaso o faz pelas obras da lei, ou pelo ouvir com fé?6 Assim como Abraão creu a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.7 Sabei, pois, que os que são da fé, esses são filhos de Abraão.8 Ora, a Escritura, prevendo que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou previamente a boa nova a Abraão, dizendo: Em ti serão abençoadas todas as nações.9 De modo que os que são da fé são abençoados com o crente Abraão.10 Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.11 É evidente que pela lei ninguém é justificado diante de Deus, porque: O justo viverá da fé;12 ora, a lei não é da fé, mas: O que fizer estas coisas, por elas viverá.13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;14 para que aos gentios viesse a bênção de Abraão em Jesus Cristo, a fim de que nós recebêssemos pela fé a promessa do Espírito.15 Irmãos, como homem falo. Um testamento, embora de homem, uma vez confirmado, ninguém o anula, nem lhe acrescenta coisa alguma.16 Ora, a Abraão e a seu descendente foram feitas as promessas; não diz: E a seus descendentes, como falando de muitos, mas como de um só: E a teu descendente, que é Cristo.17 E digo isto: Ao testamento anteriormente confirmado por Deus, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não invalida, de forma a tornar inoperante a promessa.18 Pois se da lei provém a herança, já não provém mais da promessa; mas Deus, pela promessa, a deu gratuitamente a Abraão.19 Logo, para que é a lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até que viesse o descendente a quem a promessa tinha sido feita; e foi ordenada por meio de anjos, pela mão de um mediador.20 Ora, o mediador não o é de um só, mas Deus é um só.21 É a lei, então, contra as promessas de Deus? De modo nenhum; porque, se fosse dada uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido pela lei.22 Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos que crêem.23 Mas, antes que viesse a fé, estávamos guardados debaixo da lei, encerrados para aquela fé que se havia de revelar.24 De modo que a lei se tornou nosso aio, para nos conduzir a Cristo, a fim de que pela fé fôssemos justificados.25 Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.26 Pois todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.27 Porque todos quantos fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo.28 Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.

Mateus 26:26
Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, abençoando-o, o partiu e o deu aos discípulos, dizendo: Tomai, comei; isto é o meu corpo.27 E tomando um cálice, rendeu graças e deu-lho, dizendo: Bebei dele todos;28 pois isto é o meu sangue, o sangue do pacto, o qual é derramado por muitos para remissão dos pecados.29 Mas digo-vos que desde agora não mais beberei deste fruto da videira até aquele dia em que convosco o beba novo, no reino de meu Pai.30 E tendo cantado um hino, saíram para o Monte das Oliveiras.

1 Cor 11:24 e 25
e, havendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo que é por vós; fazei isto em memória de mim.25 Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim.

(Extensão do evangelho aos gentios)
Como os Apóstolos se comportaram, quando alguns da seita dos fariseus queriam exigir que os Gentios observassem a lei de Moisés:

Atos 15
1 Então alguns que tinham descido da Judéia ensinavam aos irmãos: Se não vos circuncidardes, segundo o rito de Moisés, não podeis ser salvos.
2 Tendo Paulo e Barnabé contenda e não pequena discussão com eles, os irmãos resolveram que Paulo e Barnabé e mais alguns dentre eles subissem a Jerusalém, aos apóstolos e aos anciãos, por causa desta questão.
3 Eles, pois, sendo acompanhados pela igreja por um trecho do caminho, passavam pela Fenícia e por Samaria, contando a conversão dos gentios; e davam grande alegria a todos os irmãos.
4 E, quando chegaram a Jerusalém, foram recebidos pela igreja e pelos apóstolos e anciãos, e relataram tudo quanto Deus fizera por meio deles.
5 Mas alguns da seita dos fariseus, que tinham crido, levantaram-se dizendo que era necessário circuncidá-los e mandar-lhes observar a lei de Moisés.
6 Congregaram-se pois os apóstolos e os anciãos para considerar este assunto.
7 E, havendo grande discussão, levantou-se Pedro e disse-lhes: Irmãos, bem sabeis que já há muito tempo Deus me elegeu dentre vós, para que os gentios ouvissem da minha boca a palavra do evangelho e cressem.
8 E Deus, que conhece os corações, testemunhou a favor deles, dando-lhes o Espírito Santo, assim como a nós;
9 e não fez distinção alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé.
10 Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar?
11 Mas cremos que somos salvos pela graça do Senhor Jesus, do mesmo modo que eles também. 12 Então toda a multidão se calou e escutava a Barnabé e a Paulo, que contavam quantos sinais e prodígios Deus havia feito por meio deles entre os gentios.
13 Depois que se calaram, Tiago, tomando a palavra, disse: Irmãos, ouvi-me:
14 Simão relatou como primeiramente Deus visitou os gentios para tomar dentre eles um povo para o seu Nome.
15 E com isto concordam as palavras dos profetas; como está escrito:
16 Depois disto voltarei, e reedificarei o tabernáculo de Davi, que está caído; reedificarei as suas ruínas, e tornarei a levantá-lo;
17 para que o resto dos homens busque ao Senhor, sim, todos os gentios, sobre os quais é invocado o meu nome,
18 diz o Senhor que faz estas coisas, que são conhecidas desde a antiguidade.
19 Por isso, julgo que não se deve perturbar aqueles, dentre os gentios, que se convertem a Deus,
20 mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue.
21 Porque Moisés, desde tempos antigos, tem em cada cidade homens que o preguem, e cada sábado é lido nas sinagogas.
22 Então pareceu bem aos apóstolos e aos anciãos com toda a igreja escolher homens dentre eles e enviá-los a
Antioquia com Paulo e Barnabé, a saber: Judas, chamado Barsabás, e Silas, homens influentes entre os irmãos.
23 E por intermédio deles escreveram o seguinte: Os apóstolos e os anciãos, irmãos, aos irmãos dentre os gentios
em Antioquia, na Síria e na Cicília, saúde.
24 Portanto ouvimos que alguns dentre nós, aos quais nada mandamos, vos têm perturbado com palavras, confundindo as vossas almas,
25 pareceu-nos bem, tendo chegado a um acordo, escolher alguns homens e enviá-los com os nossos amados Barnabé e Paulo,
26 homens que têm exposto as suas vidas pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
27 Enviamos portanto Judas e Silas, os quais também por palavra vos anunciarão as mesmas coisas.
28 Porque pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destas coisas necessárias:
29 Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição; e destas coisas fareis bem de vos guardar. Bem vos vá.
30 Então eles, tendo-se despedido, desceram a Antioquia e, havendo reunido a assembléia, entregaram a carta.
31 E, quando a leram, alegraram-se pela consolação.

Observação:
Não consta aqui a exigência da guarda do Sábado e obediência as regras alimentícias dos Judeus, segundo a lei de Moises. (As exigências da Velha aliança) como queriam alguns. Estas regras não foram impostas aos novos crentes, afinal eles não participaram daquele antigo pacto, pois eram os gentios (Nações, tribos, línguas e povos) que estavam se achegando a Deus, pela fé; herdeiros da promessa proveniente da fé como Abraão).

Passagens:
Mat 26:28; Marcos 14:24; Luc 22:20; 1 Cor 11:25; 2 Cor 3:6 a 11; Heb 10:10 e 17; Heb 8:8 a 13 e Gal 3:15 a 29

Qual o benefício dos dez mandamentos hoje?

Então porque é que foi dada a lei?

1 - Gal 3:19 - Foi dada para mostrar o que é contra a vontade de Deus. A lei devia durar até que viesse o descendente de Abraão, pois a promessa foi feita a Esse descendente;

2 - João 3: 4 a 6
3 E todo o que nele tem esta esperança, purifica-se a si mesmo, assim como ele é puro.
4 Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia. (Outra versão diz: Pecado é a transgressão da lei)
5 E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados; e nele não há pecado.
6 Todo o que permanece nele não vive pecando; todo o que vive pecando não o viu nem o conheceu.

O quarto mandamento na nova aliança?

Ler em Matérias interessantes : "O PARADOXO DO SABADO" neste mesmo blog ou http://cristaoslivres-francisco.blogspot.com/2008/08/paradoxo-do-sbado.html
A Nova aliança não dá licença para pecar, Veja a seriedade do assunto:

Hebreus 10
26 Porque se voluntariamente continuarmos no pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados,
27 mas uma expectação terrível de juízo, e um ardor de fogo que há de devorar os adversários.
28 Havendo alguém rejeitado a lei de Moisés, morre sem misericórdia, pela palavra de duas ou três testemunhas;
29 de quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue do pacto, com que foi santificado, e ultrajar ao Espírito da graça?
30 Pois conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu retribuirei. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo.
31 Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo.

Os Escritores bíblicos do novo testamento citaram muitos comportamentos inadequados ou considerados desagradáveis a Deus, para mostrar o que é pecado, e que, os que perseverarem neles não herdarão o reino de Deus; veja abaixo:


1cor 6:9 e10
“Maldade, imoralidade, idolatria, adultério, homossexuais, ladrões, avarentos, bêbados, difamadores, marginais – .. Alguns de vocês eram assim. Mas foram lavados do pecado, separados para pertencerem a Deus e aceitos por Ele por meio do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito do Nosso Deus.”
2 Tim 3:1 a 4
1 Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos;
2 pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios,
3 sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem,
4 traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,

Rom 1:28 a 32
21 porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,
23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
29 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade;
30 sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais;
31 néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia;
32 os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam.

Apoc 21:8
8 Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte.

Que a paz, bondade, amor, misericórdia e salvação de Deus, seja com todos em Nosso Senhor e salvador Jesus Cristo.

Do Irmão em Cristo
Francisco Alberto de Azevedo