Sites Grátis no Comunidades.net
Prêmio Nobel denuncia farmacêuticas

Prêmio Nobel denuncia farmacêuticas por bloquear pesquisas

 
 
 


por Redação La Vanguardia

O pesquisador norte-americano denuncia que os laboratórios só investem em medicamentos que sejam necessários para a vida toda.

11 300x169 Prêmio Nobel denuncia farmacêuticas por bloquear pesquisas

Thomas Steitz.

O Prêmio Nobel de Química de 2009, Thomas Steitz (Estados Unidos), denunciou, no dia 26 de agosto, que os laboratórios farmacêuticos não investem na pesquisa de antibióticos que possam curar definitivamente, mas que preferem centrar o negócio em medicamentos que seja necessário tomar durante “toda a vida”.

“Muitas das grandes farmacêuticas fecharam suas pesquisas sobre antibióticos, porque eles curam as pessoas e o que estas empresas querem é um fármaco que se tenha que tomar a vida toda. Eu posso parecer cínico, mas as farmacêuticas não querem que as pessoas se curem”, enfatizou.

Pesquisador do Instituto Médico Howard Hughes da norte-americana Universidade de Yale, Steitz assiste em Madri ao Congresso Internacional de Cristalografia, o estudo da estrutura ordenada dos átomos nos cristais da natureza.

No caso da tuberculose, Steitz averiguou o funcionamento que deveria ter um novo antibiótico para combater certas cepas resistentes a essa doença, que surgem sobretudo no sul da África.

O desenvolvimento desse medicamento precisa de um grande investimento econômico e da colaboração de uma farmacêutica para avançar na pesquisa, comentou Steitz na coletiva de imprensa. “Fica muito difícil encontrar uma farmacêutica que queira trabalhar conosco, porque, para essas empresas, vender antibióticos em países como a África do Sul não gera apenas dinheiro”, lamentou. “Elas preferem investir em medicamentos para a vida toda.”

Por enquanto, segundo Steitz, estes novos antibióticos são “só um sonho, uma esperança, até que alguém esteja disposto a financiar o trabalho”.

Steitz, Enrique Gutiérrez-Puebla e Martín M. Ripoli, ambos do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), fizeram uma chamada para que os países invistam mais em ciência. No caso dos antibióticos, a resistência das bactérias a eles tornará necessário continuar pesquisando “indefinidamente”.

Steitz conseguiu revelar como funciona o ribossomo, a parte da célula encarregada de fabricar proteínas a partir dos aminoácidos, o que lhe valeu o Prêmio Nobel, junto com os colegas Ada E. Yonath e Venkatraman Ramakrishnan.

Essa descoberta abriu uma nova linha de pesquisa em antibióticos, ao dar a conhecer o mecanismo pelo qual as bactérias se tornam resistentes a eles.

Suas pesquisas se centram agora em determinar as regiões do ribossomo para as quais dirigir e fixar os antibióticos, ou seja, os pontos-chave em que o medicamento seria mais eficaz.

Atualmente, além da tuberculose, o laboratório de Steitz trabalha em vários compostos para combater cepas resistentes da pneumonia e do estafilococo áureo resistente à meticilina, que causa mais mortes que o HIV em alguns países, como os Estados Unidos.

Veja o original aqui.

Tradução: Idelber Avelar.

* Publicado originalmente pelo La Vanguardia e retirado do site da Revista Fórum.

(Revista Fórum)


Ciencia x Religião? Existe isso?

por Sodré Gonçalves

 


Se não existisse a religião propovendo amor, 1% dos hospitais exisitiriam...a maioria com nomes religiosos e motivos religiosos


A religião é quem promove o amor, o link com o alem, o desejo de até e martirizar pelo bem comum, a boa religião desprende o homem de si mesmo, como ocorreu em Cristo, em francisco de assis, e em trilhões de homens bons...faça uma oração bem feita e em seguida se verá fazendo o bem e não o mal


Um ateu chamado Everton Santana ao comentar um post que exaltava essa aparente dicotomia entre ciencia e religião disse: .

"Ciência não é o oposto da religião, e nem uma exclui a outra. A religião sequer se propõe a curar doenças [de froma naturalista}, a desenvolver tecnologia, ou explicar a natureza. E foram religiosos que mais contribuíram para a ciência ao longo da história. Eu sou ateu e prefiro me manter honesto do que defender um grupo que nem o desses ateus antirreligiosos que não sabem o que falam. Esse post é típico da ATEA. Triste...


Médicos sem amor e que não percebem num corpo uma alma que Deus ama e vela, podem se tornar uma desgraça , cheios de empafia e arrogancia, frieza, descuido, autoritarismo.qualquer ajuda sem bondade intima mais ofendee pode mais prejudicar....e que adianta tambem estarmos saudaveis no corpo e vazios de alma? é necessario que o ser humano se entenda num sentido eterno para que ele seje humano e não um mero ser vivo.


Um exemplo disso vemos exatamente agora quando um pais inteiro sofre com a falta de medicos e os mesmos ficam fazendo passeata impedindo...médicos e ciencia precisam antes de tudo de amor...e amor é o que mais se prega nas boas religiões...quando vcs combatem uma religião descuidadamente combatem aquilo que é mais importante para todos nós...


Willian Bernardo disse: " Ciencia é invenção do ocidente não se esqueçam"

Veja como uma ciência sem amor pode impedir soluções, denunciadas por um cientista com amor...http://igrejaadventista.no.comunidades.net/index.php?pagina=1414513392 Mas alguem vai me trazer milhões de casos que a religião agiu sem amor, e eu vou mostrar trilhões de casos que age com amor sim, por que a religião de Cristo foi a que mais promoveu o AMOR na terra ....................veja bem o que vcs andam combatendo

A Verdadeira religião não é contra a ciência. e a verdadeira ciencia não é contra a verdadiera religião




ATEÍSMO


os ateus depois do modernismo são resultados de uma onda intelectual dominada pelas ideologias naturalistas, positivistas, que dominaram a ciência, a filosofia e por incrivel que pareça até a religião, que se vê pressionada a explicar suas doutrinas em uma linguagem materialista e secular para ser aceita. Exemplo: Jesus morreu e existiu, isso e aquilo é cientificamente comprovado...etc

Objetos>fatos>lógica filosofica>raciocinio teologico>revelação teologica

Os objetos passaram a ditar a verdade mais que os fatos, estes mais lógica, e a lógica mais que raciocinios teologicos, e esta mais que revelação teologica. O mundo mudaria e inverteria os paradigmas de escala de valores determinantes da verdade.

Esta cadeia de inversão ocorreu historicamente. Jurandir Freire apresenta que na idade média o que referenciava e fundamentava a verdade era a teologia, e hoje é a ciencia. A teologia resignada ao clero foi combatida pela teologhia biblica de Lutero abrindo caminho para a livre interpretação das escrituras e para o racionalismo, e este para o positivismo dos fatos e mais tarde para a ciencia materialista do imperio dos objetosd sobre a verdade..

 

 


Robert Conquest recentemente reviu sua estimativa original de 30 milhões de vítimas para cerca de 20 milhões,46 afirmando ainda ser muitíssimo pouco provável qualquer número abaixo de 15 milhões de vidas ceifadas pelo regime de Stalin.47 ↑ Robert Conquest, The Great Terror: A Reassessment, 40th Anniversary Edition, Oxford University Press, 2007, in Preface, p. xvi: "Exact numbers may never be known with complete certainty, but the total of deaths caused by the whole range of Soviet regime's terrors can hardly be lower than some fifteen million."

“Ninguém nunca matou em nome do ateísmo"?

 


“Ateísmo nunca fez mal a ninguém!”?

 

“Ateus nunca saíram por aí matando pessoas”?

 

“Ateus mataram religiosos em nome do comunismo, não em nome do ateísmo”?

 


Examine você mesmo a Constituição Albanesa de 1976 nesse link.

 


O artigo 37 diz:

 

“O estado não reconhece nenhuma religião e apóia a propaganda ateísta para o propósito de inculcar a visão de mundo do materialismo cientifico no povo.”

 


O artigo 55 diz:

 

“A criação de qualquer tipo de organização de caráter fascista, anti-democratica, religiosa e anti-socialista é proibida.

 

Atividades e propagandas fascistas, anti-democraticas, religiosas, belicistas e anti-socialistas, bem como o incitamento ao ódio nacional e racial estão proibidos.”

 


"Nós odiamos o cristianismo e os cristãos." Lunatcharsky

 


-"Deus é uma mentira." Lénin

 


-"O homem que se ocupa em louvar a Deus se suja na sua própria saliva." Lénin

 


-"Deus é o inimigo pessoal da sociedade comunista." Lénin, carta a Gorki

 


-"No momento oportuno nós nos atracaremos com o senhor Deus. E o aniquilaremos, lá nos seus altos céus." Grigori Zinoviev

 


-“Nosso programa inclui necessariamente a propaganda do ateísmo” Lênin

 


-“Ouvi um torturador chegar a dizer: ‘Agradeço a Deus, em quem não creio, por poder viver até essa hora em que posso expressar todo o mal que há em meu coração”.

 


Richard Wurmbrand, cristão torturado em prisões comunistas

 


No entanto, para que você não tenha mais que ficar ouvindo essas frases ateístas, apresento-vos Enver Hoxha – o responsável pelo primeiro estado ateu do mundo.

 


A Albânia de Enver Hoxha soma-se aos feitos ateístas já bem conhecidos de Mao Tse-Tung, Stalin, PolPot e toda aquela lista que você já deve conhecer.

 


Mas o caso da Albânia de Enver Hoxha é diferente. Trata-se de ateísmo aberta e oficialmente instituído, como um item importantíssimo da agenda política. O Estado declarou como crime qualquer espécie de expressão religiosa. Os métodos usados foram a tortura e a perseguição, e milhares de cristãos foram assassinados pelo regime oficial e declaradamente ateu.

 


Quando confrontados com Stalin, Mao ou Pol Pot, a tática dos neo-ateus é bem simples: jogar toda a culpa no socialismo, no comunismo ou em qualquer outro item da agenda política a fim de livrar o ateismo. Mas Enver Hoxha não deixa margens para essa manobra de fuga: ele claramente suprimiu a religião para promover o ateísmo. Ele perseguiu, prendeu e matou assumidamente em nome do ateísmo.

 


Richard Wurmbrand

 


Nas prisões comunistas da Romênia, nós podíamos ouvir quando os guardas espancavam e torturavam os outros presos. Ouvíamos os gemidos e os gritos dos que eram torturados no meio da noite. Aqueles prisioneiros oravam a Deus pedindo ajuda, mas as surras continuavam e muitos não resistiam e acabavam morrendo de tanto apanhar. Parecia que as suas orações tinham sido em vão.

 


Era o enigma das orações não respondidas.http://igrejaadventista.no.comunidades.net/index.php?pagina=1414278837